Atitudes que revelam mais do que deviam

Jogos, por incrível que pareça. Nos meus anos jogando na internet, aprendi que a atitude das pessoas nos jogos podem dizer muita coisa sobre elas, sobre a personalidade delas e bem como os conceitos que elas têm sobre certos aspectos da vida, como por exemplo e principalmente, ganhar ou perder, ou as reações frente a impossibilidade de agir. Jogos não falam somente sobre os outros, mas sobre você mesmo, você se descobre e estabelece fronteiras entre suas ações e as ações dos outros, o que leva você a se questionar sobre o que você mesmo faz.

Continuar lendo “Atitudes que revelam mais do que deviam”

Anúncios

You can mod the game, not the player

Algo como “você pode modificar o jogo, mas não o jogador”.

Esse é o primeiro post que faço com relação aos jogos multiplayer em relação aos players e jogadores, serão raciocínios relâmpago que estarei postando seqüencialmente sempre que for iluminado com algum tipo de visão.

Hoje começo com um tema simples, e polêmico em muitos jogos, o BC, base camp, spawn camp, base rape, chame como quiser, fale esse nome e todos levantarão a mão. Quem nunca tomou um belo BC em algum jogo?

A algum tempo atrás jogava Battlefield Vietnam, na época que o jogo estava vivo. A pior coisa era jogar no time Americano e não ter outra bandeira pra nascer se não a base principal, isso em si significava BC. Aí então entrava em cena o Mi-8 voando na sua cabeça e atirando uns mísseis que pareciam ter 200 kilos cada, e o raio de destruição era devastador.

Essas práticas são comuns em jogos multiplayer, o primeiro problema se deve ao fato dos desenvolvedores de jogos, que nunca pensam nesse outro lado da moeda, ou pensam mas sabem que ao mesmo tempo que existem os que tomam o BC, tem aqueles que fazem, e fazem porque acham isso bonito. Eu estou falando de algo muito polêmico, geralmente quem toma BC não pode reclamar porque os que fazem vêm com comentários do tipo “quem toma bc é noob”, “time que leva bc é burro” e daí por adiante.

Sim eu também já levei muito bc jogando, mas nunca fiz, porque? Bem, fazendo isso eu sei que estaria estragando o jogo das outras pessoas, que como eu, em parte, não ficam jogando pra se tornar o Jesus Cristo, ou um ídolo dos jogos. Porque sempre tem pessoas que parecem que nasceram pra pagar pau pros outros, e o que acontece?

O jogador X viu que o jogador Y fez BC, levou um monte de gente, fez o high score da partida, depois disso começaram a postar nos fóruns quem era o melhor no que, ae esse cara foi citado trocentas vezes, nisso o jogador X viu que BC funciona, e na busca por um sentido a sua vida talvez, ele começa a fazer a mesma coisa e está disposto a tudo por isso (leia-se trocar de time) e essa atitude procede, um colega meu também, foi conhecido como grande jogador bla bla bla, quando o time dele estava perdendo, ele trocava de time, ia pro outro time, pegava um helicóptero e começava a fazer BC no time do qual ele recém havia saído. Cada caso é um caso isso é óbvio, se o time é iniciante é uma coisa, se o time está de sacanagem é outra.

Mas a situação mais comum geralmente são iniciantes x clãs, ou os sem clãs x os clãs.

Concluo este texto com uma frase, e quem não entender, bem… sinto muito, você perdeu a oportunidade de pensar.

“Covarde não é aquele que evita um combate e sim aquele que mesmo sabendo que é superior luta e fere o mais fraco”

(PC + Jogadores) x Gráficos = Intolerância

Hoje me peguei pensando, “porque tanto jogo bom de console não sai pra computador?”, e hoje vi fatos que explicam isso.

Visitei um conceituado site de jogos do Brasil, vi notícias de jogos e tudo mais, eu não espero que o pessoal pense no trabalho que é produzir um jogo e tudo mais, mas todos ficavam criticando qualquer sujeira na textura de uma… pedra. As screenshots mostravam um cenário exuberante e bonito, havia uma pedra que estava com pequenos defeitos no UV Map dela, e somente aquela pedra virou 1 página de comentários, eu achei isso tão ridículo mas foi aí que caiu a ficha.

Continuar lendo “(PC + Jogadores) x Gráficos = Intolerância”